Friday, 8 August 2008

A Cegueira da Paixão ou a Paixão Cega?

Porque será que quando nos apaixonamos nos deixamos dominar pelo nosso companheiro?

Ele domina-nos tanto que acabamos achando que o que ele diz ou faz está correcto, indo contra o que nós pensávamos e defendíamos antes da paixão.

Ele domina-nos tanto que nos anulamos para ele, e acabamos nos isolando no nosso mundo, longe dos amigos, dos que nos gostam e amam.

Que tipo de amor é esse que anula, que apaga uma alma?


O amor não deve em momento algum apagar as almas das pessoas. Ao apagar, não é amor. Não sei o que é, mas amor não é.

O amor não deve estar nas mãos de ninguém.

O amor é, única e exclusivamente, controlado por nós.

O amor, não nos faz perder a nossa identidade. Faz-nos melhorar como pessoas.

O amor não deve apagar a luz que há em nós.

O amor faz-nos engrandecer..

O amor é como fogo, incendeia, aquecer e ilumina as almas.

O amor não deve provocar pena, desilusão. Não nos deve transmitir sentimentos negativos.

O amor deve provocar irritação por causa da felicidade e bem estar que transmitimos. É uma irritação saudável, de um sentimento que nos faz ver que é positivo.


O amor ou a paixão não nos devem provocar a cegueira.

O amor ou a paixão devem cegar pelo seu brilho, pela sua beleza, pela sua magnitude.


[08.08.2008]

4 comments:

Jácome D`Alva said...

pois mimha amiga... e os bébes ainda vêm de paris no bico da cegonha...

tás muito "naife" para uma sexta feira...

um beijo... cuida-te...

Nanda Assis. said...

concordo com tudo o que vc disse, mas o que é bom mesmo é a paixão, qndo ela se transforma em amor, tudo aquilo que nos deixavamos completamente felizes, nos deixa completamentes cegos e sofridos.
bjosss...

daniel said...

Olá

Pois... pois, o amor é cego e é louco, não façam pouco dessa loucura!

Daniel

Diva said...

Conceitos...cegueiras...
Bjs meus