Thursday, 27 March 2008

♀ Despedindo-me de Ti ♀


A doce e triste despedida...

Cheia de amor e tesão, de incertezas e muita tensão...
Os sentimentos pouco positivos, não nos impediram de nos amarmos-nos uma “última” vez, num momento recheado de lágrimas e gemidos de prazer.

Foi bom amar-te e sexualizar-te... Quando estamos juntos, o tempo pára mesmo. Tudo volta e fica como deixamos no passado.
Foi bom sentir-te dentro de mim e eu dentro de ti. Foi bom saber que entre nós o fogo do sexo, a intensidade do amor ainda não morreu... E parece que não quer morrer. Foi muito bom, voltar a apaixonar-me por ti, a redescobrir o amor que tenho por ti... Foram deliciosos cada um dos nossos momentos, a 2 ou a mais de 2.
Foi bom ouvir-te dizer, mais uma vez, no meu ouvido, ao sabor do momento e do prazer sexual, “Amo-te!” Foi bom ouvir-te despedires-me com um pedido de casamento.

A despedida deixa sempre este sabor amargo, de incerteza, de quase desesperança: será que quando voltares vamos ficar juntos? Será que realmente voltas? Será que o que vivemos foi real? Será que isto? Será que aquilo?
Só sei que os momentos foram reais, intensos e fantásticamente espectaculares. Que apesar de tudo, durante estes anos todos, fizeste-me mudar muito e para melhor, fizeste amadurecer e melhorar como pessoa. Por tudo isso, muito obrigada!

Depois de tantas perguntas, ficou no ar a ideia da nossa história ter terminado e a chance de começarmos uma nova história com novas pessoas. Mas uma e única certeza eu tenho, jamais nos esqueceremos, e o que vivemos... Certezas, são para quem não ama o suficiente.
Amarmos-nos pra sempre? Ficarmos amigos? Não sabemos. Do futuro, só Deus sabe.
Entre muitos beijus e abramassus, acarinhamos-nos pela última vez, deixando nos gestos e carinhos a única promessa de sermos felizes, sempre... Afinal, o fim é sempre o começo de algo.

Meu amor, até a uma próxima...

[05.03.2008]

3 comments:

Kuxa Kanema said...

Is this text real? Damn, it was really intense!

NAELA said...

Venus adorei o teu texto, simplesmente pela veracidade das tuas palavras, do realismo depositado e por fazer-me sentir um deja vu...mas no meu deja vu a dor ficou...mas agradeco por me teres indicado que um fim e um comeco de algo!
Parabens e que fique na lembranca momentos lindos como o que viveste!

Diva said...

Yap... achei o mesmo que a Naela... tera sido quase um Deja Vu? Lembrancas?
Bjs meus